Como calcular o custo-benefício para abrasivos industriais

Para responder a essa pergunta, a primeira coisa a se entender é que o custo de uma ferramenta é diferente do preço dela. Na indústria, existe uma ideia equivocada de que, ao pagar um preço mais baixo, você obterá um custo mais baixo e, na maioria dos casos, não é assim, o barato geralmente é caro.

Existem marcas de abrasivos que trabalham para reduzir os custos de sua empresa a longo prazo, e isso ocorre principalmente porque aumentam a vida útil de seus produtos e melhoram a produtividade nos processos. Ou seja, eles fabricam ferramentas que duram mais e melhoram a produtividade da tarefa (corte, desbaste, lixamento, polimento, etc.).

O custo-benefício deve ser a soma principalmente dessas duas coisas: duração e produtividade. Eles devem ser a soma dos dois benefícios e não apenas a duração, como se pensa. Você pode ter produtos extremamente duradouros, mas se eles levarem 5 vezes mais tempo para executar uma tarefa que poderia ter sido executada mais rapidamente, o ganho em duração será perdido em tempo produtivo (custo por hora de mão de obra).

Abrasivos SAIT: o melhor custo-benefício do mercado

Entre as várias famílias de produtos que a SAIT oferece aos seus clientes, podemos citar o processo de lixamento para preparação de pintura automotiva, onde nosso processo permite eliminar etapas, quando comparado ao processo tradicional, e somado a rentabilidade de nosso  processo, trazemos um ganho de tempo e redução de custo significativo para sua empresa.